Saiba como cuidar de seu motor!

07not

Mantenha o lubrificante do motor sempre em boa qualidade

Conhecer algumas informações sobre a mecânica do automóvel pode parecer supérfluo para algumas pessoas, mas, em momentos de necessidade, como em pane elétrica, pode salvar de complicações. E o conhecimento não precisa ser de um profissional, mas algumas questões específicas são bem importantes. Um exemplo é a questão do lubrificante do motor, pois muitos motoristas não conseguem identificar como está o produto e se ele está desempenhando a função de maneira correta.

Aprender essas questões essenciais mostra-se fundamental, principalmente quando pegamos uma estrada para fazer uma viagem de carro. Por isso, alem de termos alguns conhecimentos em mecânica, é importante fazer uma revisão antes de viajar de carro e checar alguns componentes da mecânica do veículo, como: o lubrificante do motor e o óleo do motor.

O que é o lubrificante do motor?

O lubrificante do motor é um óleo de origem vegetal, animal ou mineral. Não é incomum encontrar esses produtos sintéticos, feitos em laboratórios. Quando o lubrificante do motor é constituído por dois ou mais componentes, é chamado de óleo composto.

Independentemente de qual for o tipo de lubrificante, a sua função é reduzir a temperatura, desgaste e o ruído do motor. Isso resulta em aumento da vida útil de todas as peças.

A troca do óleo lubrificante

Para quem usa pouco o carro, a troca do óleo lubrificante deve ser feita de 10 a 15 mil quilômetros. Já para quem roda bastante, a troca deve ser realizada de 5 a 7 mil quilômetros.

Algo que o motorista deve fazer é verificar as indicações do fabricante para auxiliá-lo nas informações. No manual do veículo há citações para fazer a troca, como: qual o período correto, quanto da substância usar e até qual deve ser a origem do óleo. É essencial que o proprietário do carro siga estas recomendações para garantir a melhor durabilidade do motor.

O nível do lubrificante

Essa é uma verificação simples: no reservatório do óleo do motor há uma vareta com a sinalização mínima que o lubrificante precisa estar. Ao retirar essa vareta do reservatório, a marca do óleo vai estar evidente, lhe informando se está no nível, acima ou abaixo. Caso não consiga fazer essa análise, qualquer frentista em um posto de gasolina pode informar o nível do óleo lubrificante.

É muito importante que o proprietário do veículo atente-se ao nível de lubrificante que está no motor, pelo menos, mensalmente. Com o tempo de uso, o líquido diminui e se o motorista não completar novamente, danifica o motor do automóvel.

Saiba mais com o seguro auto, acesse: https://goo.gl/nATQeh ou entre em contato na nossa central de atendimento: (11) 3156-0600

FONTE: https://goo.gl/ZYn8Wc
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s